Futebol à moda antiga…

A Copa chegou ao seu final no último domingo, mas eu particularmente fiquei com uma sensação estranha. Esse evento, que ocorre a cada quatro anos, sem dúvida é o mais esperado por todos no esporte mais popular do mundo. Porém, o que vimos na África do Sul foi algo muito abaixo das expectativas. Será que realmente valeu a pena esperar esse tempo todo desde a Alemanha 2006 pra vermos o que foi apresentado? Vamos por partes.

O futebol apresentado foi péssimo. Do azarão ao favorito, ninguém enxeu os olhos. A seleção que chegou mais perto disso foi – pasmem! – a Alemanha, cuja característica sempre foi a força. Nem mesmo o Brasil e a Holanda, campeões em jogo bem jogado e muito menos a campeã Espanha. O que mais se viu foram as equipes priorizando as defesas, tentando acertar um contra ataque e ‘golear’ por 1×0.  O futebol de resultado contagiou de sul-americanos à europeus, de asiáticos à africanos, sem esquecer da Oceania e do resto das Américas. Parece um vírus, que contagia a todos a cada vitória suada ou título na marra. A estratégia historicamente utilizada pelos pequenos agora virou tática dos grandes também. E dá certo, porque conta com ótimos jogadores pra evitar levar gols. Infelizmente, os técnicos descobriram uma forma mais fácil de achar o resultado. E do outro lado, os torcedores vão ganhando motivos pra deixar de ser apaixonado.

Grande parte do que foi comentado acima também tem grande responsabilidade dos craques de hoje em dia. Em tempos de Cristianos, Messis e Kakás, quem brilhou foi Forlán. O que fez o camisa 10 da seleção uruguaia foi um tapa na cara de cada um desses pseudo-craques do futebol moderno. Forlán mostrou a todos que vestir a camisa de seu país não é uma obrigação, mas uma honra. Sendo o principal atleta da seleção da Celeste, correu, lutou, deu sangue, não se omitiu e levou seu time nas costas até o espetacular 4º lugar para uma seleção desacreditada e limitada. Chamou a responsabilidade de modo que todos os astros deveriam fazer. Só esqueceram de avisá-los. Infelizmente, personalidade não está à venda da mesma forma que o passe de Kaká ou a imagem de Cristiano Ronaldo. Forlán jogou com a garra do futebol romântico, por amor à camisa e, com toda justiça, foi eleito o Bola de Ouro da Copa. Seria tudo lindo se não fosse o fato do jogador uruguaio ter 31 anos de idade, nunca ter sido destaque por onde passou e ter feito a carreira em equipes de médio porte da Europa, com uma breve e apagada passagem pelo Manchester United. Hoje, vive grande fase no Atlético de Madri. E só. Mesmo assim, conquistou o respeito do mundo todo. Parabéns Forlán, acima de tudo você honrou a camisa da Celeste, mas não deixou de ensinar como é que se faz quando se é protagonista.

Infelizmente o futebol que nos encanta não voltará mais. Os negócios finalmente chegaram ao futebol e é utopia pensar em um futuro diferente do que vemos hoje. Esqueçam e principalmente, se acostumem, porque daqui pra frente o futebol de resultado será o prato principal. Quanto à sobremesa, só nos resta torcer para que ela não seja devorada rápida demais e ainda nos dê o prazer de sua graça.

Siga-me no twitter: www.twitter.com/blogdobuja

Abraço!

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by Plínio Melo on 14/07/2010 at 1:36 pm

    Daqui da minha vilinha de pescadores com 40 familias de moradores eu fico pensando:
    – Abertura da copa do Mundo de 2014 – Brasil X qualquer um… daí chove. Rsrsrsrs
    Nem a Shakira chega ao Morumbi ou Piritubão contaminado .

    SÃO PAULO NÃO PODE SER SEDE DE COPA DO MUNDO!

    Responder

  2. Mtoo bom o texto..

    Entre no meu blog tbm.. e comente…

    http://www.ihkigolaco.blogspost.com

    valeeu.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: